Os pés são uma zona erógena do corpo que, quando explorados de forma adequada, proporcionam grande prazer. Pensando nisso, o MALE FEET LOVERS reuniu dicas baseadas nas experiências de vários podólatras a fim de que você aproveite ao máximo o fetiche.

Tamanho é documento? Para os homens que gostam de pés femininos, quanto menor o tamanho, mais atraentes eles são. Já para a aqueles que gostam de pés masculinos, o oposto é observado. Pés grandes e másculos ganham a preferência, o que não quer dizer que pés menores não tenham o seu valor.

“Eu sou um cara acima de qualquer suspeita de que possa gostar de pés, mas sou apaixonado por eles. Gosto de pés e é isso aí. Tamanhos? Pouco ligo, mas desde que sejam lindos e bem cuidados. Nada de pézão largado que eu não gosto! E cuidado veja-se bem: não é pé de pedicure, é um pé macio, unhas bem cortadas, calcanhar em bom estado (nada de rachaduras). Inclusive, tenho admirado muito pés pequenos e não tenho me arrependido, pés lindos, macios, dedinhos longos e bem tri. Nunca discrimine um pé por ele ser pequeno você pode estar rejeitando um banquete. Só por serem pequenos não podem ser apetitosos?”
(Brutus POA, executivo gaúcho de 39 anos, apaixonado por pés masculinos)







De fato, embora não esperem a perfeição, a maioria dos podólatras gostam de pés bonitos e bem cuidados. Existem, contudo, aqueles que preferem pés sujos, maltratados... Sendo assim, na hora de oferecer seus pés ao seu namorado/ ficante, certifique-se antes das preferências que ele possa vir a ter.

E o cheiro? Segundo Giuliano Moretti, autor do livro Tesão por Pés: A Realidade de um Gosto Excêntrico, a excitação pelo cheiro é um dos componentes remanescentes de nossos tempos mais remotos. São os feromônios cumprindo seu papel biológico. O odor dos pés provocado pelo uso contínuo de sapatos pode ser um bem-vindo agente afrodisíaco, dependendo do podólatra. Sapatos e meias guardam muito bem o cheiro dos pés de seus donos. Para muitos podólatras a simples visão desses itens do vestuário masculino é suficiente para gerar desejo. Cheirá-los, seria um aperitivo, antes do prato principal: os pés.

“Eu gosto de meias, principalmente daquelas que se usa com terno e roupa social em geral. Sendo finas, de todas as cores. Gosto de cheirá-las, fazendo um jogo erótico. Tipo: o cara vem e faz com que eu cheire, que nem clorofórmio. Ele fica louco ao ver minha cara de tesão sentindo o cheiro dele na meia”.
(L. Garcia, 27 anos, advogado paulistano, podólatra desde os 13 anos e um apaixonado por meias)


“Já eu gosto é de deitar no chão e deixar o cara pisar em cima da minha cara, ou então, coloco ele em uma cadeira, apoio os pés dele em um banco e fico cheirando no chão.”
(R. Blue, 26 anos, pernambucano, podólatra desde os 13 anos)

Além cheirar, alguns beijos e lambidas nos pés podem apimentar uma noite a dois...

“Eu sempre disfarcei muito pra pegar nos pés dos caras, pois notava que tem gente que é bem preconceituosa com esta parte do corpo. Com relação a serem gostados, principalmente, pois acham que pé é sujo. Bom, cada um pensa como lhe convier. Mas assim já que estamos na cama e não há possibilidade de fuga! Eu pego o pé e vou tirando os sapatos (tênis, chinelos, o que for), tiro as meias bem devagar, não sem antes cheirar eles muito e depois sim me atraco nos dedinhos beijando um por um, sugando eles (adoro dedinhos magros e longos), depois vou para a sola, esta sim eu piro, lambo de cima a baixo e dou umas mordiscadinhas no calcanhar, no peito do pé, ali na parte carnudinhas, saca? E depois se possível vou para o peito do pé onde beijo sem parar. Se o cara em questão já não pirou, é que ele realmente não tem boas sensações e nem podólatra é. Uma pena, o seu prazer foi solitário amigo. Mas quando há essa interação, alguns caras, simplesmente ficam loucos com isso, e querem casar com a gente hahahahaha! Éum lance muito divertido gostoso e não tem nada de sujo. E olhem vocês que eu curto um chulé bem gostoso (claro, isso é feromônio puro!).”
(Brutus POA, executivo gaúcho de 39 anos, apaixonado por pés masculinos)




Em se tratando de podolatria, Wikipedia - A enciclopédia livre – ressalta que alguns podólatras, sentem prazer em ter seus genitais manipulados pelos pés do parceiro até o ponto de atingir o orgasmo e a ejaculação (footjob, em inglês). Este é, provavelmente, o exemplo mais freqüente de excitação com o uso dos pés capaz de levar à satisfação completa sem que haja penetração, isto é, sexo genital (talvez por se tratar, também, de fato, de uma forma de masturbação).

"Eu adoro sarrar um pé grande e másculo... sempre fui adepto do footjob e pra mim não tem nada mais gostoso do que isso. Sabe a sensação de roçar meu membro numa sola quentinha de macho e depois gozar nela é indescritível! Não troco por nada, a não ser, é claro, por uma boa transa”.
(Kra Fortal, estudante universitário de Fortaleza, 25 anos, podólatra)




São muitas as formas de se obter prazer com pés. Algumas como massagens, Tickling e outras não foram mencionadas, pois optamos por apresentar neste artigo apenas as modalidades que consideramos mais freqüentes. Seja qual for a sua modalidade favorita abuse da criatividade e da ousadia. Seja você mesmo.


Fonte:


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -